Profissão

31 de maio de 2010

Porque a profissão não é valorizada? Qual deveria ser o salário de um Fisioterapeuta?

Como sobreviver nesta "guerra" por emprego e assistir a uma queda nos salários oferecidos devido ao grande número de formaturas a cada semestre.




Qual deveria ser um salário justo pago ao fisioterapeuta? Sabemos que depende da cidade que reside e seu custo de vida. Também existe como variáveis importantes os cursos que o profissional possui e sua experiência na área. O mercado costuma pagar por resultado e é neste sentido que a fisioterapia tem dificuldades. Um Analista de Sistema desenvolve softwares que aumentam o rendimento da empresa e por isso é recompensado, o engenheiro constrói um prédio que irá ser vendido por altos valores e até mesmo o médico que busca a "cura" de fato e pra isso todos pagam o que às vezes não possuem.

Já o fisioterapeuta precisa cuidar de distúrbios que muitas vezes não tem cura 100%. É preciso fazer um tratamento, visto pelos pacientes como longo e se satisfazer com a redução dos sintomas. É complicado fazer com que os pacientes se sintam interessados em investir neste procedimento e por isso vemos uma má remuneração.

Desta forma seria muito interessante que o CREFITO fizesse um efetivo trabalho mostrando a importância do trabalho do fisioterapeuta que reflita na sociedade gerando um maior interesse e valorização da profissão.

De modo geral, como toda profissão, se for feito com qualidade a recompensa será na mesma intensidade. Não espere que as conquistas cheguem com muita rapidez, terá que conseguir o espaço aos poucos.





Comentários ()

30 de junho de 2014 às 10:11

Mirela Moura disse:

Bom dia!

Prestei vestibular para Fisioterapia...
Seria uma boa profissão?
Fiquei em dúvida sobre o que li nesse Blog


28 de maio de 2014 às 10:34

Larissa Lima disse:

A fisioterapia foi o maior erro da minha vida. Meu diploma tá guardado na gaveta. Salários humilhantes (tem clínica q paga um salário mínimo), trabalho árduo, desgaste físico e reconhecimento nenhum. Hoje em dia busco estudar p concursos públicos pois estes proporcionam estabilidade. Trabalha-se pouco e ganha bem. Tenho vergonha de ser fisioterapeuta!
14 de maio de 2014 às 16:44

Anselmo Grego Neto disse:

Ola, compartilho com os colegas minha profunda indignacao com a profissao. Tenho 10 anos de formado e trabalho em um hospital da rede publica, e honestamente tenho acompanhado a bastante tempo as oportunidades no mercado de trabalho da Fisio em busca de melhores oportunidades e e desanimador. Hoje em Sao paulo um profissional da fisioterapia para ganhar cerca de 5.000,00 tem que trabalhar em media 12 ou mais horas/dia, isso quando as empresas de home care nao oferecem 17 reais a sessao para o profissional ir atender o paciente em domicilio!!!!!! Tendo que arcar com os custos de deslocamento do proprio bolso ainda por cima!!! Ou seja, os proprios fisioterapeutas estao explorando os seus colegas de profissao. Vejo que um dos maiores problemas da Fisio esta ligado ao fato de sermos uma categoria desunida, termos um conselho mesquinho e muito pouco atuante e de que disputamos mercado com muitos outros profissionais que nao tem nivel superior e que portanto nao tiveram que fazer o investimento que nos tivemos tais como massoterapeutas, estesticistas e que disputam fatias de mercado com os fisioterapeutas oferecendo servicos menos qualificados, mas a precos muito menores. Respeito a opiniao de todos, mas essa coisa de dizer que quando se ama a profissao o sucesso vira cedo ou tarde e uma ilusao de pessoas que ainda nao entraram pra valer no mercado de trabalho saturado e no qual muitos profissionais de degladeiam alimentando um ciclo vicioso e pernicioso de atendimentos em volume com baixa qualidade, rarissimas oportunidades de trabalho formal e novos fisioterapeutas iludidos sendo despejados aos montes no mercado por universidades de ensino de qualidade questionavel! Diante disso, recomendaria que quem ainda puder pensasse num plano "B". Forte abraco a todos e sorte!
03 de abril de 2014 às 13:15

Leonardo disse:

A fisioterapia assim como as demais profissões da área de saúde, com exceção da medicina, não tem mais valorização alguma no Brasil. Fazer qualquer outra faculdade se não a de medicina, é estudar um monte de coisa que vc nunca vai poder usar! Você até pode conversar bonito, saber um bocado de coisas, mais do que muitos filhinhos de papai que pagam a preço de ouro a faculdade de medicina, mas seu carimbo, sua opinião, seu conhecimento não valem nada. A própria sociedade discrimina essas outras profissões, não dão valor, só quando estão desesperados na fila do SUS, mas por um curto espaço de tempo! Jamais estimularei meus filhos a fazerem qualquer faculdade na área da saúde, com exceção da medicina.
09 de fevereiro de 2014 às 23:39

Vladimir Lopes de Souza disse:

OLa a todos,
Sou Fisioterapeuta a 15 anos e estou inteiramente realizado com a profissão. Sou concursado em 2 prefeituras e exerço atividades acadêmicas. Terminar a Universidade e achar que o emprego está logo ali, é uma verdadeira mentira. Mas quem tem competência se estabelece no mercado de trabalho. Não adianta achar que as coisas caem do céu. O mercado é muito amplo e as pessoas tem que aprender a empreender na própria profissão, e isso se aprende estudando. Não adianta montar um consultório, achando que ele vai ficar lotado, abrir um consultório com técnicas diferentes que atualmente são bem procuradas como RPG e Pilates, com certeza trarão retorno. Ah, mais não tenho dinheiro para montar um estúdio de Pilates, ou fazer um curso de RPG? O Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal tem linhas de financiamento que auxiliam na compra de equipamento e realização de Curso. Fora isto, temos bons concursos Públicos no País, ninguém investe nas cadeiras de mestrado e doutorado que também abrem muitas portas na cadeira acadêmica. Reclamar da Profissão não adianta, temos que ser empreendedores da nossa carreira.
04 de fevereiro de 2014 às 15:17

yani disse:

Eu fiz esse curso e amei, sou formada ha 3 anos porém o mercado de trabalho aqui em goiânia está cada vez mais escasso, as clínicas de estética pagam muito mal e não nos valorizam, nem carteira assinada eles dão...pensei q seria diferente, tinha sonhos e projetos .Mas hj guardei meu diploma na gaveta pq não tem emprego digno

definitivamente estou decepcionada
29 de janeiro de 2014 às 13:44

Jaqueline disse:

Além do descaso ainda se tem o caso dos concursos públicos que as vagas são minímas não te dando chance e vontade de tentar,no ultimo concurso que eu fiz tinha 6 vagas para a maioria dos profissionais da saúde fisioterapia era a única que tinha apenas 1 vaga ainda com o salário de 1,100 reais,então isso desanima !!! To fazendo minha pós e também não to vendo vantagem pq eles nunca dão chances aos fisioterapeutas nessa área pois diz não sermos capacitados...Entãoo eu desiludi da profissão pois o investimento é grande e a estabilidade e satisfação é degradante.
29 de janeiro de 2014 às 13:38

Jaqueline disse:

Sou fisioterapeuta há 5 anos,e infelizmente a profissão não dá incentivo pra continuar pois a desvalorização é muitoo grande e a profissão não lhe dá oportunidades de empregos pois não tem campo e quando tem alguma oportunidade o salário não compensa...Infelizmente é uma profissão que não tem evolução no comércio e nem satisfatório..O crefito deveria focar mais em exigências de campos de trabalho em diversas localidades mas deixam a desejar e deixamos nós profissionais cada vez mais desanimados com a profissão..
21 de outubro de 2013 às 20:37

Triste com a profissão! disse:

Realmente, a fisioterapia a cada dia é um curso que deixa a desejar em muitos aspectos. Pagamos cursos caros, um investimento é alto e o retorno é quase zero. Estudamos muito e ao final do mês temos como salário um salário minimo. É uma profissão linda, porém o desgaste físico é enorme.Fiz fisioterapia por não passado em medicina, acabei ficando por empolgação de que poderia ter um sonho realizado ao cuidar também de pessoas. Hoje, me arrependo de não ter continuado em busca de um sonho, um sonho que teria reconhecimento e valorização, fato que não vejo na fisioterapia. O futuro da fisioterapia é incerto, sem teto há pessoas que atendem a 10 reais, menos do que uma manicure, sem dar a ela o seu valor, mas estudamos para isso. Sou concursada em uma prefeitura, a qual não recebo aumento a 7 anos, recebo um salario minimo por 30 horas. Realmente, o melhor é recomeçar....e isso com vários cursos....RPG, pilates, acupuntura...sem alteração de salario..triste realidade!
26 de março de 2013 às 22:48

Nelson Corrêa disse:

Estou formado a 13 anos, e nunca vi a Fisioterapia tão desvalorizada, procure nos concursos e verá que é o mais baixo salário pago, hoje o auxiliar de enfermagem, o qual deveria ganhar muito bem sim, ganha mais do que nós, não qiue o mesmo não mereça, mas temos o nivel superior, pos graduação e pra que? conselho que eu dou hoje, faça qualquer curso menos Fisioterapia infelizmente.
27 de janeiro de 2013 às 09:49

Janelle disse:

Galera, parem com isso. Nâo concordo com o Paulo. Eu me sustento com fisioterapia. É só boicotar os concursos que pagam pouco, não cobrar mixaria pelas sessões (mínimo 60,00) e ser bom profissional. Porque assim como existem médicos ruins, existem também fisioterapeutas ruins, estes fazem o trabalho de qualquer jeito e cobram de qualquer jeito. Enquanto houver profissionais ruins, cobrando 10,00 a sessão e fazendo concursos que pagam 600,00, não seremos valorizados.
04 de janeiro de 2013 às 14:13

Antonio disse:

Boa tarde tudo bom pessoal.
Minha manifiestação vai alem das de voces, perdoe minha ousadia.
Se a classe fosse mais unida, não pagaria o crefito e exigiria deles um piso de salario pelo menos de R$ 4000,00 , pois temos um trabalho arduo e contundente.
Estudamos e nos dedicamos na profissão como qualquer outro profissional qualificado.
Temos nossos direitos sem direitos.
A decadencia da saúde vem sendo aplicada a anos. E nós sem receitas médicas clinicamos. Como seria a saude sem a fisioterapia.
Pense numa coisa; Na sala de aula voce ficou de cabelos brancos estudando, agora formado sente-se mais seguro, e ai você acha a fisioterapia facil, assim é o dentista, o farmaceutico o cirurgião, o advogado, enfim, todos temos nossos valores.
Cada sessão de fisioterapia que eu recebo particular é de R$ 80,00.
E cada vez que querem massagem, estetica eu cobro R$ 120,00.
Ou seja, sou o não sou profissional..??
E você o que vai fazer, ficar se lamentando ou dobrar as mangas.
Não deixe de associar outra area a sua, arrume outro serviço que pague suas contas.
E faça da fisioterapia a sua vida.

Antonio
11 de novembro de 2012 às 08:58

paulo disse:

FUJAM DESTA PROFISSAO
25 de abril de 2012 às 10:44

Erika disse:

Boa sorte Vanessa! Se você tem esse ideal faça, mas lembre de guardar recursos para fazer uma especialização logo depois da graduação. Tenha foco e seja paciente. Se você tiver outras fontes de renda ou ajuda dos pais no ínicio fica mais fácil. Não é bem uma profissão para quem precisa se formar e manter uma família logo após a graduação. Bjs.
11 de abril de 2012 às 15:59

vanessa priscila da silva souza disse:

agora eu estou em dúvidas,se faço fisioterapia,ou não.mais eu acho que quem faz o profissional ser bom,e de sucesso somos nós mesmo,buscando sempre fazer o diferencial,sendo o melhor.essa profissão é muito linda.sem dizer que ficamos satisfeito com aqueles pacientes que reage a o tratamento,e aquelas crianças que por motivo precisa de nós fisioterapia...

















[
31 de março de 2012 às 14:40

Erika disse:

A profissão Fisioterapia é bonita sim é linda, mas não me venha com essa de "você tem que escolher o que quer não pelo dinheiro" e que "o que vale é só a carinha de feliz do paciente". Sou fisioterapeuta, víúva e com um filho para criar. Ainda bem que tenho ajuda dos meus pais, pensão do meu marido e outras fontes de renda pois se dependesse somente dessa profissão não sei como eu estaria. Gastasse muito e ganhasse pouco essa é a realidade da Fisioterapia. Empregos em regime CLT são quase inexistentes e quando existem oferecem um salário que é melhor nem comentar.

Tem-se então de correr atrás de convênios e trabalhar por conta sem registro em outras clinicas ganhando em média 3 a 7 reais por atendimento, os mais sortudos ganham em torno de 12. Eu trabahei com RPG e ganhava em torno disso (7 a 12) para ficar cerca de 1 hora com o paciente e como disse o caro colega o desgaste físico é enorme. Me desculpem mas não dá para ser feliz me sentido desvalorizada, triste e insegura na profissão. Já fiz de tudo e no começo acreditei que só o amor pela profissão bastaria mas depois fui me decepcionando pois o convênio não está nem aí para o amor da gente... Deixei de atender os convênios para não compactuar com a exploração. E quanto aos pacientes: eles querem ser atendidos pelo convênio porque já pagam muito caro por ele.

Os pacientes podem gostar da gente e do nosso trabalho mas acabam se desculpando e procurando quem atenda-os pelo convênio.

Sejamos realistas: não podemos esconder problemas que afligem a Fisioterapia. E (citando um post que li um dia): "sem tempo, reconhecimento (comentário meu: valorização) e dinheiro(comentário meu: sim, dinheiro é importante)não existe satisfação". Isso eu comprovo na prática, essa profissão é a principal razão do meu tormento. Já penso em abandoná-la aos poucos. Pois como eu já disse: sou sozinha e tenho um filho para criar. E não posso ficar dependendo só de "sorte e oportunidade".

Obs: não sei como existem pais que ainda deixam o filho cursar essa faculdade e se encherem de ilusões.
Como eu gostaria que meus pais não tivessem permitdo. Procuro dar ao meu filho toda a orientação da escolha profissional porque sei que uma boa parte do futuro dele depende dessa escolha. Abraços!
31 de março de 2012 às 08:47

paulo disse:

FIQUEM DE OLHO PORQUE AGORA SÓ MÉDICO VAI PODER FAZER ACUPUNTURA
27 de março de 2012 às 01:20

fabiano siqueira rodrigues disse:

ESTOU NO PRIMEIRO PERIODO DE FISIO E JÁ PENSO EM PARAR, PENSO MUITO NO FUTURO DESTA PROFISSÃO QUE NÃO VEJO MELHORAS ASSIM COMO A ENFERMAGEM, ONDE SE TRABALHA MUITO E GANHA MUITO MAL.
18 de fevereiro de 2012 às 18:02

tati disse:

Gente, pelo amor de Deus!!!Vamos começar a boicotar estes concursos que estão pagando só 700, 1000,00...É um desrespeito. Só assim vamos valorizar esta profissão. A profissão é LINDA!!!
Mas você precisa pagar as contas no final do mês. Sem essa de = Estamos fazendo o que gostamos e ainda ajudando pessoas!!!!Que lindo!!!
Aposto que não é vc q se sustenta!!! Acorda!!!
01 de fevereiro de 2012 às 14:20

Adila gama da silva disse:

eu quero fazer fisioterapia, porque eu acho uma area muito linda, mais o meu sonho é mim é ser dentista so que eu ainda nao tenho condicoes de fazer porque aqui no maranhao é muito cara a mensalidade! eu quero pedir ajuda de voces me ajudarem se devo ou nao fazer fisioterapia? e é essa area ganha muito pouco
20 de janeiro de 2012 às 14:21

Isabel Cristina disse:

Uauu estou completamente perplexa de como uma profissão tão boa e eficaz tem tão baixo reconhecimento má remuneração esse país em que vivemos já ta sendo normal essa desigualdade!
affs
10 de janeiro de 2012 às 13:20

PAULO disse:

CONCURSO PUBLICO CIDADE SANTANA DO MANHUAÇU,CARGA HORARIA 40H,SALARIO:FISIOTERAPEUTA 850,00 DENTISTA 2.500,00 NUTRICIONISTA 1.600,00 ENFERMEIRO 1.850,00 MEDICO 7.000,00 FARMACEUTICO 1.600,00, FUTURO TENEBROSO PARA ESSA INFELIZ PROFISSÃO DE NOME FISIOTERAPIA.
22 de dezembro de 2011 às 11:31

vuxgZflPKdvJYL disse:

I see, I suppsoe that would have to be the case.
19 de dezembro de 2011 às 22:32

Dayane Clara disse:

Bom tenho 17 anos acabei de passar no vestibular para fisioterapia, acho essa profissão linda deve ser muito gratificante participar da recuperação de um paciente. Mesmo ciente do salário não desanimei, não adianta receber bem e não ter prazer no que faz, é necessário conciliar.
13 de dezembro de 2011 às 15:37

Fabíula disse:

Oi meu primo trabalha nessa aréa,e eu tbm estava querendo trabalhar com fisioterapia,mais depois do que ele me disse estou seriamente pensando em mudar de curso...Ele disse que pagava de mensalidade 1.500,00 e agora só recebe 700,00...Será que vale a pena somente o amor pela profissão no mundo de hoje?
12 de dezembro de 2011 às 11:44

PAULO disse:

FISIOTERAPIA INFELIZMENTE NÃO DÁ DINHEIRO,PROFISSÃO POUCO VALORIZADA E O MERCADO DE TRABALHO É PESSIMO.
11 de dezembro de 2011 às 02:01

bruna disse:

oi prestei vestibular e passei mais agora estou em dúvida será que vale a pena investir tanto dinheiro sendo que depois o retorno é tão baixo?
25 de novembro de 2011 às 16:14

Luana Cristina disse:

Oii pessoal ,
bom eu faço faculdade de fisioterapia gentee é uma area lindaa , eu tambem fiquei em duvida em fazer ou não fisio mais se e uma coisa que quero eu vou correr atras, gente quem gosta dessa area não pensa so no salario por inicio é dificil mais eu acho qe sendo um bom profissional e esforçando e procurar aprender cada dia consegue ter uma renda boa e alem de estar fazendo o bem para as pessoas.
Abraçoos pra vcss
17 de novembro de 2011 às 11:16

vilma disse:

sempre sonhei em fazer fisioterapia,prestei o vestibular e agora que passei estou em dúvida por causa do baixo salário, já q o investimento é muito alto ,acho lindo o trabalho deles ,estou c muitaas dúvidas..
17 de novembro de 2011 às 11:16

vilma disse:

sempre sonhei em fazer fisioterapia,prestei o vestibular e agora que passei estou em dúvida por causa do baixo salário, já q o investimento é muito alto ,acho lindo o trabalho deles ,estou c muitaas dúvidas..
02 de novembro de 2011 às 18:19

Amanda disse:

eu pretendo fazer fisioterapia, porem o que eu to estou lendo não me ajuda realmente querer ser uma fisioterapeuta! :/
02 de novembro de 2011 às 09:53

PAULO disse:

Fisioterapia não da dinheiro até hoje não sei porque,já que no Brasil temos milhares de acidentados de moto,carro,acidentes de trabalho,idosos,amputados , parece uma cospiração já que serviço temos demais.Hospitais,SUS, todos esses lugares deveriam ter fisioterapeuta,porque não fazemos o que os médicos fazem e nem os médicos fazem o que nós fazemos.E quanto ao salário ,5.500,000 reais seria um piso salarial justo já que ninguém faz o que fazemos,pegar pacientes acamados e colocar para andar.
02 de novembro de 2011 às 09:26

paulo disse:

Essa profissão é uma m...............
03 de outubro de 2011 às 09:54

Cristina Malta disse:

Acho que ao invés de reclamar tanto do conselho não ajuda muito, o que devem é se unirem e mudarem essa situação. se vcs observarem a quantidade de pessoas neste blog já é suficiente para fazer a diferença.
Vejam como o exemplo dos contadores (tec. em contabilidade), eles se iuniram e colocarm regras e leis na area deles, como por exemplo. nem um contador pode cobrar menos do que um salario minimo para a manutenção de uma empresa por menor que seja.
23 de setembro de 2011 às 12:08

Léia disse:

Acho que se os CONSELHOS DE FISIOTERAPIA cobrassem dos orgãos fiscalizadores da saude tipo a ANVISA, A VIGILANCIA SANITARIA e outros setores responsáveis pela saude, maior rigor na venda e disseminação de aparelhos de eletroterapia, e se não permitissem que profissionais com ensino médio e sem qualificação fizessem uso desses equipamentos a profissão seria considerada séria, mas enquanto que se trata a saude pública como brinquedinho e qualquer massagista pode comprar um manthus por exemplo, somos uma profissão de araque sem força para cobrar das autoridades nossos direitos garantidos por LEI. CADE NOSSOS DEFENSORES????? Porque os aparelho de uso odontológico tem vendas limitadas e pq na area da fisioterapia esses esquipamentos não são levados a sério. Por acaso eles não queimam? Eles não podem agravar as patologias quando mal empregados? Aonde estão os artigos científicos que provam??? Mostramos na televisão a gravidade de usar uma corrente russa sem habilitação, mas não cobramos das autoridades fiscalização do seu uso por leigos. De qu adianta uma coisa dessas????
11 de setembro de 2011 às 16:47

Jéssica Rossetti disse:

A profissão não é ruim e nunca será.
O fisiterapeuta e o único que reabilida uma pessoa, não há outra profissão que faça isso, além de outras áreas claro como ergonomia, a cadeira que você esta sentado foi avaliada por um fisio para adequar se tamanho, peso e etc para não deixar sequelas.

O problema é que muitos ainda não sabem que a fisio esta incorporada ao SUS e pode usufruir de seus beneficios assim ela fica meio que de lado. Quando uma pessoa vai reclamar das costas lhe receitam um rémidinho e só, sendo que é um caso de fisioterapia. E também do mesmo jeito que há médico charlatões a fisioterapeutas e isso atrapalha a profissão =/.

Mas ser fisioterapeuta é otimo, pode apostar que quando você começar a estudar não vai querer parar, pois não a limites na fisio.
10 de setembro de 2011 às 11:38

carlos renato de moraes disse:

ola vou fazer fisioterapia sera que essa profissão é tão ruim assim obrigado
10 de julho de 2011 às 18:53

Van disse:

Olá pessoal, infelizmente a fisioterapia é uma área que exige um alto investimento em especializações e cursos para conseguir um espaço no mercado de trabalho. As pessoas e instituições ainda tem dificuldade de reconhecer a importância da profissão, muitas vezes achando desnecessário e com isso oferecendo baixas ofertas de empregos e salários ridículos. O conselho poderia fazer algo para mudar essa realidade através de leis consistentes e principalmente fazendo valer o código de ética, iniciando pela fiscalização de profissionais que oferecem seus serviços por valores injustos, caindo em concorrência desleal, segundo o código. Outra causa em que o conselho deveria pleitear,é para que determinadas atividades sejam privativas da profissão, propondo a presença do profissional de fisioterapia para determinadas ações de saúde.(ex: cinesio laboral, drenagem linfática, massoterapia entre outras...) Enfim pessoal, nós estudamos as intervenções em saúde e muitas vezes concorremos com pessoas de formação insuficiente. Apesar de tudo, mostrem a importância do trabalho de vocês, ganhem o respeito e desejo que sobrevivam na área da maneira como podem, sempre com legalidade, respeito e principalmente em união na luta pelo reconhecimento profissional.
05 de julho de 2011 às 09:39

Thiago disse:

Acho que o Crefito uma bosta de conselho com perdão da palavra ,não ajuda em nada os fisioterapeutas ,estou formado a 3 anos e o que conselho me ofereceu? resposta nada.Mandam só cartas com cursos para fazer e mais nada acho que deveriam valorizar mais o seus profissionais e não ficar pedindo voto em epoca de eleições! Amo essa profissão mas lutar sozinho sem respaldo de um conselho fica muito dificil!!! mas sou brasileiro e não desisto de lutar !!!! Abraços
15 de março de 2011 às 17:31

ana claudia disse:

ola sou estudante de fisioterapia,e gostaria de saber qual area esta sendo mais procurada
01 de março de 2011 às 20:14

Carla disse:

Ridiculo, somente somos lembrados quando precisam de votos seja para deputado ou para os conselhos, pq depois a classe é esquecida. O que mais precisamos comprovar, se nós quem regulamos ventiladors mecânicos, quem diminuimos tempo de internação e consequentemente gastos hospitalares, quem oferecemos qualidade de vida e independencia para os pacientes............
23 de fevereiro de 2011 às 09:50

Millena disse:

concordo...
04 de fevereiro de 2011 às 14:43

indignado disse:

isso é uma vergonha...........
20 de novembro de 2010 às 02:46

Rosi disse:

Concordo com o artigo.
Acho que esta profissão deveria acabar, pois nem os órgãos competentes tentam ajudar a gama de profissionais que tanto dedicaram seu tempo e investimento financeiro pra nada.
Enfim é uma profissão linda, porém não reconhecida nem mesmo por outros profisssionais da saúde. Pra q serve os conselhos se não lutam pela classse.
31 de outubro de 2010 às 08:02

Um ser pensante disse:

Concordo com o artigo.

Acho que ultimamente o cofito tem feitos muitas campanhas mas nenhuma engajada com entidades importantes como a AOB por exemplo.

Acho totalmente injusto uma pessoa que sofre um AVC que muitas vezes não consegue nem se comunicar não ter disponível um fisioterapeuta na equipe de saúde da familia, por exemplo, que deveria ser uma obrigação do estado e não um favor. Os medicos, enfermeiros e outros ja tem o direito, mas nossas entidades de classe não conseguem convencer as autoridades que os cidadãos tem direitos??? Não entendo.


Deixe seu comentário

Seu Nome:

Seu Email:




Leia mais

Fisioterapia é eficiente: saiba como identificar se está sendo bem feita

Descubra quando não está recebendo um tratamento fisioterapêutico adequado e assim reivindique todo o seu direito de ser bem atendido

O novo personal trainer: entenda porque o fisioterapeuta é tão importante quanto o seu coach de academia

Acionar o fisioterapeuta só em caso de lesão é ideia ultrapassada. Vogue mostra porque ele é tão importante quando seu personal trainer de todo dia

Quanto cobrar por consulta? Tabela atualizada 2013

Baseado no Referencial Nacional de Honorários Fisioterapêuticos fornecido pelo COFFITO foi montado uma tabela com os valores em reais dos principais atendimentos. Com esta referência é possível calcular quanto deve ser o salário de um profissional de acordo com a área que irá trabalhar.



a Fisioterapeuta .com
Tendências da profissão de Fisioterapia. Debates e comentários sobre teorias, salários, especializações, vagas, empregos, concursos e muito mais
Projetado por Ronnan del Rey